• 27 outubro, 2020

Quais são os fatores de um relacionamento de sucesso?2 min

Qual o segredo de um relacionamento de sucesso? Se a sua resposta para esta pergunta foi “amor”, será preciso repensá-la.

Um estudo envolvendo 85 pesquisadores de todo o mundo identificou que as características individuais não são tão decisivas assim quando se tenta prever se um namoro ou casamento vai pra frente ou não. O que conta mais são os julgamentos feitos sobre a relação, como, por exemplo, a convicção sobre o comprometimento do parceiro.

Chegar a essa conclusão só foi possível porque a equipe utilizou Inteligência Artificial para analisar 12 mil casais em 43 bancos de dados de 29 laboratórios diferentes. “Analisamos praticamente todas as informações que encontramos sobre o assunto”, disse Paul W. Eastwick, professor de psicologia da Universidade da Califórnia (EUA) e um dos coordenadores da pesquisa, em entrevista ao site da BBC News.

A pesquisa, publicada na edição de agosto da revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (PNAS), descobriu ainda outras questões que influenciam no sucesso – ou não – de um relacionamento.


Os cinco fatores que estão por trás de um relacionamento de sucesso são:

  • A convicção de que o parceiro está comprometido;
  • O nível de intimidade (nas palavras de Eastwick é aquela “sensação de que seu/sua namorado(a) realmente entende quem você é”);
  • O nível de gratidão ou reconhecimento;
  • A satisfação sexual (própria);
  • A percepção de satisfação do outro com a relação.

Segundo o estudo, o julgamento sobre o relacionamento — como o quão satisfeita e comprometida a pessoa se sente com o parceiro — explica, aproximadamente, 45% dos relacionamentos satisfatórios, ao passo que as características individuais das pessoas representaram apenas 21%.

São, nas palavras do pesquisador, “aspectos das relações que podem ser trabalhados para, assim, melhorar uma relação no presente.”

E o amor?

Apesar de o amor ser uma peça importante em uma relação, esse sentimento não apareceu entre os cinco primeiros fatores que, provavelmente, levarão um relacionamento adiante. Assim como a confiança. Eastwick tem uma explicação: “o que acontece é que o amor é algo muito próximo da satisfação que, em muitos casos, não colocamos nem como um dos preditores.”