• 28 julho, 2020

Por que ler e ver séries pode aliviar a falta de contato social2 min

Se durante a quarentena você tem assistido repetidamente a mesma série ou está ouvindo as mesmas músicas, não se preocupe. Esse comportamento faz muito sentido em tempos de distanciamento social, aponta um artigo do Healthline.

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, afirmam que esses pequenos prazeres podem preencher as nossas necessidades de socialização de uma forma muito parecida com as conexões familiares, de amizade e os relacionamentos amorosos.

“Nosso cérebro não diferencia as relações reais e as conexões que estabelecemos com o mundo social apresentado por séries e livros. Não sinta culpa de rever seu seriado favorito, porque na verdade pode fazer bem”, comenta Shira Gabriel, professora de Psicologia da Universidade de Buffalo.

Ela explica que existem várias maneiras de satisfazer a necessidade de conexão social, e que o ideal é combinar as maneiras tradicionais de se conectar às que parecem menos comuns. Outra especialista, a professora de Psicologia Krystine Batcho, concorda com ela.

“Nas pesquisas, as maneiras tradicionais de socializar com a família e os parceiros foram mais usadas e com mais frequência pelas pessoas do que as não tradicionais. E as conexões tradicionais mostraram ser indicadores mais fortes de bem-estar”, diz Batcho.

Para ela, a substituição funciona bem em momentos de exceção. “Enquanto precisamos de distanciamento físico, ver nossos seriados favoritos, ler e ouvir música nos mantém ancorados na vida que foi temporariamente suspensa”, afirma.

Além disso, ler, ouvir música e ver séries nos incentiva a refletir sobre os nossos próprios relacionamentos. E a quarentena nos ajuda a pensar em novas maneiras de nos conectar. “As atitudes que te ligam aos outros, como colocar um arco-íris na janela, são ótimas. Elas nos fazem sentir que somos parte de algo maior do que a nossa vida, o que nos traz felicidade”, diz Gabriel.

Fonte: Viva a Longevidade  17/07/2020