• 24 junho, 2020

Campanha alerta sobre violência doméstica durante isolamento2 min

De acordo com dados divulgados pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o número de denúncias relacionadas a violência doméstica tiveram um aumento considerável desde o início do ano no Brasil.

O período avaliado foi entre janeiro e abril de 2020, mostrando que houve 14,1% mais denúncias desse tipo quando comparado à mesma época do ano passado. O Ministério explica que, possivelmente, esse aumento está relacionado com o isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus.

O total de casos denunciados nos primeiros quatro meses de 2020 foi de 37.500, sendo que mais de 9 mil denúncias foram feitas apenas no mês de abril. É importante ressaltar que esse número pode ser muito maior, considerando que ainda há muitos casos de violência não denunciados no país.

Vale acrescentar que o canal de atendimento para denúncias foi ampliado e, agora, também recebe relatos através de um aplicativo chamado “Direitos Humanos BR” – o que pode incentivar que novos casos sejam denunciados.

Como meio de alertar sobre esse aumento da violência doméstica, o Instituto Maria da Penha, ONG especializada no combate à violência contra a mulher, lançou uma campanha impactante para indicar alguns sinais que podem apontar que alguém está sofrendo abusos. 

Sinais de um relacionamento abusivo

Os relacionamentos abusivos envolvem alguns sinais de alerta, que muitas vezes podem passar despercebidos pela vítima. Jogos psicológicos, mentiras e atitudes controladoras são exemplos de ações praticadas por um(a) parceiro(a) abusivo(a). Confira:

1- Afastamento

O(a) parceiro(a) não gosta de seus amigos ou parentes e pede (ou pressiona) que você se afaste deles. O medo, neste caso, é que você acabe contando intimidades do casal e quebre a imagem de casal perfeito.

2- Abuso e violência sexual

Ele(a) te obriga a ter relações sexuais contra sua vontade. Tal situação é considerada estupro, mesmo dentro de um casamento. Outra violência é quando ele(a) te pressiona a fazer práticas sexuais das quais você não se sente confortável.

3- Monitoramento

O(a) parceiro(a) é sempre desconfiado(a), pergunta onde você está, com quem está, para onde vai e controla a forma como você se veste. 

Para realizar uma denúncia de violência doméstica, entre em contato com o número 180 e fale com a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência. Em casos de emergência, entre em contato com o 190.

Fonte: Minha Vida