• 30 janeiro, 2021

Adaptabilidade1 min

Durante a maior parte da história humana, a mudança foi um processo muito lento gradual.

As notícias costumavam se espalhar lentamente, a tecnologia levava mais tempo para evoluir, poucas pessoas viajavam na vida e as profissões eram passadas de geração em geração.

Tudo mudou. Em apenas uma ou duas semanas, nossas vidas profissionais foram transformadas completamente. Escritórios estão desertos, lojas e fábricas ou estão operando com equipes mínimas ou foram fechadas. Empresas inteiras estão realizando uma vasta experiência de home office, com colaboradores tentando se adaptar rapidamente a se comunicarem, colaborarem e compartilharem o trabalho totalmente online. Talvez seja a maior ruptura das práticas de trabalho desta existência, sem que alguém tenha ideia real de quando isso terminará. 

Sabemos que devemos nos adaptar ou enfrentar a extinção. Pode parecer uma tarefa impossível, já que a adaptabilidade é frequentemente vista como um traço do perfil pessoal, algo que temos ou não. No entanto, assim como nossa ilusão de estabilidade, essa concepção é falsa. A adaptabilidade não é uma qualidade herdada, mas uma habilidade emocional, com a qual não nascemos, mas que aprendemos a adquirir. Aprender a sentir-se confortável com a mudança e tornar-se mais ativamente adaptável é uma habilidade crucial para o momento em que estamos vivendo.
 
O primeiro passo é aceitar que a mudança é inevitável. Lidamos melhor com a mudança quando aceitamos a ambivalência. O próximo passo é aprender a acolher a mudança, concentrando-se e aproveitando ao máximo os aspectos positivos que ela cria.

FONTE: The School of Life