• 20 julho, 2019

4 sinais de que você tem um colega tóxico de trabalho2 min

Essas características podem até mesmo revelar se o profissional tóxico, na verdade, é você.

Entre os colegas de trabalho, tem sempre aquele que identificamos como tóxico –ou seja, uma pessoa que prefere competir a colaborar, quer sempre impor seus pontos de vista e tem dificuldade de trabalhar em equipe.

Por outro lado, também existem os que estão sempre desanimados, fazem o mínimo necessário e não se interessam pelo trabalho dos colegas. Mas cuidado: o colega tóxico, no final das contas, pode ser você. Você sabe como reconhecer uma personalidade tóxica no trabalho? O El País traz algumas dicas.

Cheio de conflitos

Para a psicóloga do trabalho Elisa Sánchez, o sinal mais óbvio que um colega tóxico dá é ter conflitos com pessoas diferentes e em situações diversas –e também em diferentes esferas da vida, como no âmbito pessoal e no profissional.

Distante dos outros
Outro sinal de alerta é ser uma pessoa distante dos colegas e não ter consciência das suas necessidades. Para o profissional tóxico, seguir as regras é o que importa, e não o contexto das situações. “Parecer frio e distante pode, a longo prazo, fazer o profissional parecer tóxico”, afirma a psicóloga social Heidi Grant.

Falta de empatia
Segundo Grant, existem pessoas que minimizam as pessoas e situações ao seu redor para parecerem competentes, sem pensar nos outros. A falta de empatia, portanto, é outro fator que os colegas tóxicos têm em comum. Excessivamente concentradas em suas tarefas, essas pessoas acabam se descuidando das relações e são identificadas como egoístas.

Obediência às normas
Uma pesquisa feita pela Universidade Harvard define outra característica comum aos profissionais tóxicos: eles acreditam que devem sempre seguir as regras, sem readaptá-las quando existe um motivo importante. Essa inflexibilidade faz com que todos sigam uma norma mesmo quando ela não faz sentido, o que prejudica a produtividade.

FONTE: Viva Longevidade