• 12 abril, 2019

4 Dicas essenciais para fazer metas em família2 min

Traçar metas em família tem suas peculiaridades. É preciso organizar as finanças de todo mundo para realizar um sonho. Como fazer?

Todos nós temos sonhos que desejamos por em prática, inclusive vários deles em conjunto com nossos parceiros e filhos. O único problema é que a rotina e a correria atropelam tudo, e com isso passam-se os dias, as semanas, anos… E esses sonhos ficam tristemente guardados, sem ter uma pequena chance e nem um centavo para realizar-se.

Que tal fazer diferente? Segue um passo-a-passo para começar a traçar metas financeiras para sua família.

1. Liste suas necessidades e suas vontades
Esse exercício pode ser feito separadamente para depois conversarem sobre as respostas, ou em conjunto. Em um caderno, anote todas as suas vontades e necessidades, discriminando se são de curto (até 1 ano), médio (entre 1 a 3 anos) e longo prazo (acima de 3 anos).
Exemplo:
Necessidades:
Quitar o cheque especial – curto prazo
Reformar o banheiro – curto prazo
Vontades:
Viajar para o exterior – médio prazo
Comprar uma casa – longo prazo
Por que separar entre necessidades e vontades? Para que vocês tenham mais clareza das metas que vão priorizar em seu orçamento nesse primeiro momento.

2. Precifique sua lista
Aprofundando o exercício, faça uma estimativa do custo de cada item listado e determine o valor que a família precisará economizar mensalmente para conseguir atingir esses objetivos. Nesse primeiro momento não se preocupe com juros de investimentos e inflação. Faça uma estimativa simples, somente para ter um norte.
Por exemplo, uma meta familiar é viajar para o exterior em 2 anos. O custo da viagem é de R$30.000. Se dividirmos R$30.000 por 24 meses, temos o valor estimado de R$1.250 que deverá ser economizado mensalmente para atingir a meta da viagem.

3. Entenda o seu orçamento e implemente o valor mensal a ser poupado
Analise seu orçamento familiar e inclua nele o valor das metas escolhidas. O valor mensal a economizar é muito alto? A dica aqui é priorizar para as metas mais importantes e/ou talvez alongar o prazo, por exemplo, viajar em 3 anos ao invés de 2.

Pontos importantes a considerar:

  1. Reserva de emergência: se ainda não tem uma reserva de emergência de 6 meses de sua renda, não se esqueça de criar uma. Imprevistos acontecem…
  2. Dívidas: vale a pena priorizar pagamento de dívidas. Melhor ganhar juros de investimentos do que pagar juros para terceiros…
  3. Reserva de aposentadoria: o seu “eu”velhinho agradecerá uma reserva quando chegar a melhor idade!
  4. Reavalie periodicamente suas metas

Revisar suas metas pelo menos anualmente é tão importante quanto traçar suas metas pela primeira vez. Celebre o que já conseguiu, revise as metas em curso e adicione outros itens de sua lista. Com dedicação e esforço, é possível sim materializar sonhos!

Fonte: Blog Me Poupe – Por Elle Broude